O tenente-coronel do Exército, Jorge Luiz Kormann, secretário-executivo adjunto no Ministério da Saúde, foi indicado para o cargo de diretor da segunda diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A indicação foi do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o nome do militar já foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (12/11). Ele ainda precisa passar por aprovação no Senado.

Em maio, Kormann, ainda sob a gestão de Nelson Teich no ministério, assumiu o cargo de diretor de Programas da pasta. Agora, se aprovado no Senado, ocupará a cadeira de Alessandra Bastos Soares, que é segunda diretora da agência, abaixo do diretor-presidente, o almirante Antonio Barra Torres.

Alessandra, farmacêutica formada pela Universidade Metodista de Piracicaba, está no seu primeiro mandato no cargo, iniciado em dezembro de 2017 e que vai até dezembro deste ano. Ela esteve, junto com o diretor-presidente da Anvisa e o gerente-geral de Medicamentos e Produtos Biológicos, Gustavo Mendes, na coletiva de imprensa que prestou esclarecimentos sobre a suspensão dos estudos clínicos da vacina CoronaVac, produzida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, do governo de São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

12 − quatro =