Diferente do ano passado, quando o comércio estava fechado, no período do Dia dos Namorados e devido o aprendizado adquirido relacionado ao delivery e retirada, as vendas para o Dia dos Namorados devem apresentar um crescimento de aproximadamente 3,5% na comparação com o mesmo período do ano anterior. O dado foi confirmado ao Portal ClickPB, nesta terça-feira (1) pela Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado da Paraíba (Fecomércio).

Segundo a Federação, embora o período não tenha a força de datas como o Dia das Mães ou as comemorações natalinas, a perspectiva é otimista, considerando o período de pandemia que o país ainda atravessa. Esta estimativa se deve, em partes, ao fato das lojas estarem em funcionamento, diferentemente do ano passado.

De acordo com o presidente da Fecomércio Paraíba, Marconi Medeiros, a sociedade aprendeu a lidar com a pandemia. “De um lado, os consumidores estão conscientes sobre os cuidados necessários, seja nas compras físicas ou comprando produtos de forma virtual, e do outro lado, os empresários aprenderam de forma exemplar a utilizar a ferramenta do delivery e da retirada em loja, o que fornece mais opções para o crescimento das vendas”, afirma.

O Dia dos Namorados representa uma data importante não apenas para o comércio de bens e serviços, que lucram com a venda de presentes, mas também para o setor da gastronomia, uma vez que os restaurantes locais são muito procurados pelos namorados que desejam
celebrar a data.

“Para impulsionar o faturamento, os empresários podem investir na criatividade: descontos especiais, oferta de produtos diferenciados, promoções e, como forma de driblar o isolamento social imposto pela pandemia decorrente da Covid-19, investir na logística do delivery para um
atendimento remoto rápido e de excelência, já que a demanda deve aumentar consideravelmente na data”, destacou Marconi Medeiros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezenove − dois =