SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) — Bill Gates, fundador da Microsoft, e sua esposa, Melinda, anunciaram nesta segunda-feira (3) que estão se separando, “após muita reflexão”.

Eles afirmaram, por meio de nota, que nos últimos 27 anos, criaram “três crianças incríveis” e construíram uma fundação que trabalha no mundo todo para permitir às pessoas uma “vida saudável e produtiva”.

Gates, bilionário que deixou a presidência da Microsoft em 2014, ofereceu ao menos US$ 1,75 bilhão à reação global à pandemia de Covid-19 através da Fundação Bill e Melinda Gates — o que inclui apoio a alguns fabricantes de vacinas, diagnósticos e tratamentos em potencial.

Eles anunciaram que irão continuar trabalhando juntos na fundação, que combate a pobreza e doenças infecciosas.

  • O filantropo é a quarta pessoa mais rica do mundo, segundo a Forbes, e acumula um patrimônio de cerca de US$ 124 bilhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco + 13 =