Os médicos suspeitam que a ex-presidenta Dilma Rousseff possa ter sofrido uma isquemia cerebral transitória, problema que ocorre quando falta fluxo sanguíneo nos vasos. Ela foi internada na noite da última segunda-feira (24), no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, e segue sendo submetida a exames.

Os resultados devem sair ainda nesta terça-feira (25) para constatar se houve a isquemia de fato. De acordo com os médicos, se descartarem qualquer tipo de agravamento, ela deverá ter alta hoje, no fim do dia.

Segundo informações preliminares, Dilma teria sentido os primeiros sinais da isquemia durante uma reunião online. Ao iniciar sua fala, os outros participantes perceberam quando Dilma passou a falar de forma um pouco enrolada, mais arrastada. Após o episódio, deu entrada no Hospital e uma ressonância magnética descartou, por enquanto, um problema mais grave.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

10 − 5 =