Cheios de esperança, a médica Isadora Mota e o marceneiro Elismário Amorim, de 54 anos, dançaram forró após ele se curar da Covid-19 em um hospital de Goiânia. Ele ficou por quase 100 dias internado e chegou a ter 99% dos pulmões comprometidos.

Elismário recebeu alta na última sexta-feira (28). Ele deu entrada no hospital no dia 24 de fevereiro e ficou internado 94 dias no Hospital Ortopédico de Goiânia após ser contaminado pelo coronavírus. Boa parte deles em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O tratamento de recuperação de Elismário continua em casa. Ele ainda precisa de oxigênio para auxiliar na respiração.

Veja o video:http://g1.globo.com/go/goias/video/medica-danca-forro-com-paciente-que-se-curou-da-covid-19-e-ficou-quase-100-dias-internado-9559039.ghtml


Médica dança forró com paciente que se curou da Covid-19 e ficou quase 100 dias internado

 

 

–:–/–:–

 

Médica dança forró com paciente que se curou da Covid-19 e ficou quase 100 dias internado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

4 × cinco =