Manifestantes foram às ruas neste sábado (3) para protestos contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e em defesa da vacinação contra Covid-19.

Assim como aconteceu em atos semelhantes em maio e junho, as manifestações foram pacíficas, mas geraram aglomerações quebrando decretos sanitários contra à Covid-19.

No geral, os manifestantes pediam mais vacina, a saída de Bolsonaro e volta do auxílio emergencial de R$ 600.

Manifestantes protestam contra Bolsonaro na Praça Centenário, em Maceió — Foto: Sandra Sena/CUT

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

doze − 2 =