Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

Mais de 60 postos de combustível em João Pessoa já foram autuados nos onze meses de 2021. A declaração foi dada pelo titular da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP), Rougger Guerra, nesta quinta-feira (18), em entrevista ao programa Arapuan Verdade.

As multas somam quase R$700 mil. “Apesar de ainda elevadíssimo, o preço do combustíveis em João Pessoa ainda é o mais barato do Nordeste, e é o terceiro mais barato entre as capitais do país. Já autuamos 60 postos em multas que já somam quase R$700 mil”, destacou.

Segundo Rougger Guerra, não há como enganar a fiscalização do Procon- JP em relação aos aumentos irregularidades nos postos de combustíveis. “A principal causa de multas nesses estabelecimentos foi por esse motivo. O aumento de preço sem a renovação do estoque. Na fiscalização pedimos a nota fiscal dos últimos 10 dias de compra junto as distribuidoras, com a nota do preço final. Fazemos a comparação de venda aos consumidores, para verificar quando repassou o aumento aos clientes e identificar se ocorre a irregularidade”, disse.

Ainda segundo ele, foram interditadas diversas bombas que abastecem os tanques dos veículos dos consumidores por conta de práticas fraudulentas, “onde o cliente paga por um valor diferente do que sai em produto”, destacou.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco × 5 =