O aumento no preço da gasolina derrubou a renda dos motoristas de aplicativos nos últimos anos em João Pessoa. De acordo com Ícaro Araújo, representante da categoria em João Pessoa, houve uma redução de 50% de trabalhadores. Em entrevista ao Arapuan Verdade, nesta quarta-feira (6), ele explicou que o lucro caiu pela metade.

“Só em João Pessoa houve uma redução de mais de 50% de motoristas Uber com o aumento do combustível e o preço das tarifas que estão defasadas”, disse.

Ainda segundo ele, mais de 2.500 motoristas devolveram os veículos tanto alugados como financiados. “Se antes tinham 4 mil rodando, agora só tem 2 mil rodando diariamente. Quem financiou ou alugou também devolveu por não conseguir pagar”, explicou.

Como acompanhou o ClickPB, Ícaro destacou que a situação deixa os passageiros esperando mais tempo com a falta de motoristas. “Para você ter uma ideia, um aluguel de um carro é mais de R$ 1.800, antes era em torno de R$ 1.400. Isso ficou insustentável. Além das tarifas que estão defasadas, os aumentos de gasolina e dos gastos com manutenção fizeram isso acontecer”, destacou

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

16 − um =