Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

Uma agência do Banco do Nordeste (BNB) na cidade de Picuí, Seridó paraibano, foi alvo de uma grande ação criminosa durante a madrugada desta quarta-feira (26). Vários disparos de arma de grosso calibre foram ouvidos por boa parte da população picuiense que ficou totalmente em pânico.

A ação delituosa teve início por volta das 2h30 da madrugada. Um bando fortemente armado usou explosivos para abrir o cofre da agência, que foi deixado no meio da rua. O impacto da explosão foi tão forte que destruiu parcialmente o interior da agência e residência vizinhas. A Caixa Econômica Federal, que fica situada cerca de 200 metros de distância, também teve suas portas de entrada destruídas.

Enquanto uns criminosos agiam no interior da agência, outros fortemente armados ocuparam as entradas da cidade e as principais avenidas que dão acesso a agência.

Segundo informações colhidas pela reportagem do Portal Picuí Hoje, três veículos foram utilizados na ação, sendo que um deles foi abandonado próximo ao Posto São Mateus, onde os meliantes efetuaram diversos disparos para o alto e também contra a conveniência do estabelecimento, além de fazer dois reféns, um cidadão frei-martinhense que voltava da cidade de Soledade, onde havia ido buscar uma irmã.

Ainda segundo as informações, a Companhia de Polícia Militar, situada no Bairro Cenecista, também foi alvo dos criminosos.

Ainda segundo as informações, na fuga, o bando que seguiu com destino a Barra de Santa Rosa, libertou os irmãos que tinham sido feito reféns próximo a uma sucata situada na saída da cidade. Grampos foram espalhados na PB-137 para dificultar uma possível ação policial.

A ação durou cerca de uma hora e graças a Deus não houve registro de feridos. Ainda não se sabe a quantia que foi subtraída da agência bancária. Até o momento da postagem desta matéria, não havia nenhuma informação de suspeitos.

Em menos de quatro anos, três ações semelhantes foram registradas na Terra da Carne de Sol, sendo as duas últimas ao Banco do Brasil.

Vídeos publicados nas redes sociais mostram populares no interior da agência após a fuga dos criminosos. Nas imagens, é possível perceber pessoas procurando cédulas que foram espalhadas em razão da explosão; confira as imagens:

 

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

12 − 3 =