A jornalista Christiane Amanpour da CNN dos Estados Unidos entrevistou, nessa quarta-feira (17), o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva. Na ocasião, Lula sugeriu ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que convoque uma reunião do G-20, grupo formado pelos ministros de finanças e chefes dos bancos centrais das 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia, para promover uma distribuição justa das vacinas contra a Covid-19.

Lula afirmou que os Estados Unidos têm mais doses de vacina do que o necessário e, por isso, poderiam doar o excedente para outros países, incluindo o Brasil.

Em 10 de março, Biden confirmou que encomendaria 100 milhões de doses adicionais da vacina da Johnson & Johnson e sugeriu que os EUA compartilharão as vacinas com outros países se houver um excedente.

“Uma sugestão que gostaria de fazer ao presidente Biden por meio de seu programa é: é muito importante convocar uma reunião do G-20 com urgência”, disse Lula. “É importante chamar os principais líderes mundiais e colocar em volta da mesa uma só coisa, uma questão: vacina, vacina e vacina”.

“A responsabilidade dos líderes internacionais é enorme, então estou pedindo ao presidente Biden que faça isso, porque não posso. Não acredito em meu governo [Bolsonaro] . E, também, não poderia pedir isso para Trump , mas Biden é um alento para a democracia no mundo”.

Assista:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezessete + 13 =