O presidente eleito do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), comentou em tom de lamento a morte do cantor e compositor Erasmo Carlos, que tinha 81 anos e morreu nesta terça-feira (22/11), em um hospital particular no Rio de Janeiro.

“Erasmo Carlos, muito além da Jovem Guarda, foi cantor e compositor de extremo talento, autor de muitas das canções que mais emocionaram brasileiros nas últimas décadas. Tremendão, amigo de fé, irmão camarada, cantou amores, a força da mulher e a preocupação com o meio ambiente”, escreveu Lula, em nota oficial postada em suas redes sociais no início da tarde desta terça, pouco após a notícia do falecimento do músico.

“Deixa saudades e dezenas de músicas que sempre estarão em nossas lembranças e na trilha sonora de nossas vidas. Meus sentimentos aos familiares, amigos e fãs de Erasmo Carlos”, completou Lula, na nota.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

nove + dezenove =