O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Sivla decidiu a adiar a entrevista coletiva marcada para o começo da tarde desta terça-feira (9) em que falaria sobre a decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), que anulou as suas condenações na Justiça Federal do Paraná.

O evento ocorrerá na quarta-feira, 10, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. Segundo a assessoria, o ex-presidente vai aguardar a decisão sobre o julgamento da suspeição do ex-juiz Sérgio Moro, pautada para hoje (9) pelo ministro Gilmar Mendes.

Gilmar pauta Moro no STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes pautou para a sessão desta terça-feira (9), da Segunda Turma, a partir das 14h, seu voto no habeas corpus em que a defesa do ex-presidente Lula pede a suspeição do então juiz Sergio Moro.

Mendes pediu vista do caso em dezembro de 2018.

A declaração da suspeição levaria à anulação de todo o processo que trata da aquisição e reforma do tríplex do Guarujá e poderia servir de base ao questionamento de outras ações contra o ex-presidente.

Dos integrantes da Segunda Turma, Edson Fachin e Carmen Lúcia já votaram contra o pedido da defesa de Lula.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quatro × um =