Arthur Lira reuniu-se neste sábado no Palácio do Alvorada com Jair Bolsonaro, para conversar sobre a situação da pandemia, a permanência de Eduardo Pazuello no Ministério da Saúde e a participação do PP e de outros partidos do centrão no governo.

Lira avalia que Pazuello perdeu a condição de permanecer no Ministério da Saúde.

A um interlocutor, Lira avaliou ontem que Pazuello “perdeu o rumo” e não tem mais a “confiança mínima” da sociedade para liderar a pasta.

É esperada uma decisão de Bolsonaro sobre Pazuello para os próximos dias. Lira e outros líderes manterão conversas com o presidente neste domingo.

Na noite deste sábado, o presidente e três de seus ministros militares — Walter Braga Netto, da Casa Civil; Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo; e Fernando Azevedo, da Defesa — foram ao Hotel de Trânsito do Exército, onde Pazuello mora em Brasília.

O PP tem reivindicado o Ministério da Saúde, indicando o deputado federal Dr. Luizinho, do PP do Rio de Janeiro.

Luizinho já foi secretário estadual de Saúde do RJ e preside a Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara, que trata de projetos relacionados a saúde. O deputado, que também é médico, também preside a Comissão Externa de Enfrentamento à Covid-19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

11 − 4 =