O laudo de exame toxicológico feito no corpo do cantor Kevin Nascimento Bueno, o MC Kevin, apontou a presença de duas substâncias compatíveis com os padrões de cafeína e metilenodioximetanfetamina, conhecida como MDMA ou MD, no sangue do funkeiro. As informações são do jornal O Globo.

O sangue foi analisado com as técnicas chamadas Cromatografia em Camada Delgada (CCD) e Cromatografia Gasosa com detector de Espectrofotometria de Massas(CG-MS) e apontou a presença das duas substâncias. O documento foi assinado pela perita Rachel Cenachi Madaloso.

Porém, segundo a perita, Laboratório de Toxicologia não dispunha de metodologia para qualificação das substâncias, portanto não há elementos para afirmar se “foram utilizadas em doses usuais ou excessivas”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

14 − um =