O médico Ítalo Kumamoto, chefe do serviço de cardiologia do Hospital Memorial São Francisco, em João Pessoa, alertou para a iminente falta de medicamentos do ‘Kit Intubação’ na capital. Ele pediu que os órgãos públicos tratem da importação dos insumos para manter as UTIs de Covid-19 em pleno funcionamento.

“Poderemos ter nos próximos 20 dias falta de insumos, os chamados produtos do kit intubação, me refiro a medicamentos para sedar os pacientes e manter a intubação. É urgente uma ação dos órgãos governamentais para facilitar a importação desses produtos”, declarou.

Renata Nóbrega, secretária Executiva de Saúde da Paraíba, revelou que o Estado solicitou apoio ao Ministério da Saúde para a aquisição.

“Estamos nas aquisições e solicitando apoio do Ministério da Saúde para que consiga abastecer os estados com esses medicamentos, considerando que as compras dosEestados estão sendo fracassadas considerando a dificuldade em todo do pais”, disse à Tv Cabo Branco.

Ela revelou que as UTIs estão sendo orientadas a fazer ‘uso racional’ dos medicamentos.

“Estamos trabalhando com as equipes nas UTIs para que a gente faça o uso racional desses medicamentos e consiga manter a assistência adequada aos paraibanos”, declarou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

1 × 2 =