Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD, disse ontem (26) ao jornal Valor Econômico que as denúncias de corrupção na compra de lotes da vacina Covaxin, que teriam sido ignoradas por Bolsonaro, acarretam em grande desgaste para o presidente, num sinal que foi interpretado como um possível desembarque de seu partido da coalizão que dá sustentação ao governo no Congresso.

“É um caso que precisa ser apurado. A denúncia é muito grave e a CPI não pode se omitir”, disse o ex-prefeito de São Paulo, que lidera uma bancada com 35 deputados na Câmara Federal e 11 senadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

4 × três =