O juiz Antônio Gonçalves Ribeiro Júnior, da Comarca de Cabedelo, acatou o pedido do Ministério Público e determinou o sequestro de bens dos vereadores Benone Bernardo da Silva, Jonas Pequeno dos Santos, Janderson Bezerril de Brito e Josimar de Lima Silva, do Roberto Santiago e do ex-prefeito do município, Leto Viana, sem valor de R $ 200 mil, para cada um, a fim ressarcir os prejuízos à Fazenda Pública, de acordo com a decisão.

O Ministério Público havia pedido também o afastamento dos vereadores do cargo, mas foi negado pelo magistrado. os réus são acusados ​​de desviar recursos públicos através do esquema de compra de mandato do ex-prefeito Luceninha e também da prática de “rachadinha”, no âmbito da Operação Xeque-Mate. O Janderson Brito é líder do prefeito do município, Vítor Hugo, que também é réu no mesmo processo.

Confira a decisão no link abaixo:

2021-10-05T17_30_34.99-Despacho

Blog Anderson Soares

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quinze + quatro =