Nem Quarto Cordel nem Quarto do Líder. Fora do “Big Brother Brasil 21”, Juliette Freire tem dormido é no Quarto do Sexo, na casa de Anitta, onde está hospedada. O cômodo lembra uma boate, com paredes escuras e luzes de led, e tem uma cama confortável.

— Eu tenho crises de riso, porque durmo com mainha nele. Fico pensando: “Que tristeza! Eu, aqui, deitada com a minha mãe! Pelo menos, evita pensamentos coisados” — diz, aos risos, a grande campeã do reality show, afirmando sair no lucro quando consegue, ao menos, dormir.

Além do quarto, a paraibana também ocupa outro cômodo da casa da cantora, Mimada pelos “cactos” e por marcas, ela tem recebido um sem-número de peças, sapatos e joias (“A única que eu tinha até então era o meu anel de formatura”, ela entrega), entre outros tipos de presente, que têm abarrotado o sótão da casa de Anitta, seu ponto de apoio na Cidade Maravilhosa.

— Anitta está fora (a cantora passa uma temporada em Miami, cuidando da carreira internacional), mas disse que eu poderia pegar as roupas dela emprestadas. Eu não mexi em nada. Além de ter vergonha, não precisou. Minha equipe montou um closet pra mim só com o que eu tenho ganhado de presente. Aquele espaço onde ela gravou um programa (o “Anitta dentro da casinha”, do Multishow) está lotado com as minhas coisas — descreve a celebridade, detalhando sua estada no aposento mais excêntrico da mansão: — O Quarto do Sexo é lindo! Tive dor no maxilar de tanto ficar de boca aberta quando fui apresentada ao lugar. Os outros (quartos de hóspedes) são normaizinhos, brancos. Esse não…. Mas eu estou é lascada, minha filha (no quesito vida sexual), numa secura triste. E parece que esse negócio de fama só dificulta a paquera. Não recebi um “oi, sumida” dos pretendentes nem nada.

Dona Fátima Freire, com quem divide a cama, é o maior xodó da filha famosa e vive cercada de cuidados por ela. Ex-ajudante de pedreiro, a também cabeleireira deu à luz duas meninas — além de Juliette, Juliene, que foi vítima fatal de um acidente vascular cerebral (AVC) aos 17 anos — e criou quatro garotos do primeiro casamento de seu marido, o mecânico Lourival Feitosa. Aprendeu a ler com a primogênita e passou pelo mesmo problema de saúde que a caçula, em 2019, por ter uma má-formação congênita no coração. Parte do R$ 1,5 milhão que Juliette ganhou no “BBB 21” será designada para custear a cirurgia da mãe. Apesar das preocupações, a relação entre as duas é muito leve.

— Mainha me dá um trabalho danado! É como uma bebezinha, tenho que ficar de olho nela 24 horas por dia. Ela não tem a real dimensão do que eu estou experimentando. É muito sábia, mas inocente. Esse universo da fama pra ela é totalmente estranho, e eu estou tentando protegê-la. Ela só sabe que estou milionária. Aí, me pede: “Minha filha, eu quero uma motoquinha”. Eu digo: “Mainha, a senhora não tem mais idade pra isso, não vou correr o risco”. Celular, ela só quer o que eu ganhei dentro do programa, não quer saber de outro: “Mande trazer o meu, aquele que eu vi na sua mão lá na prova”. A inocência dela me traz leveza. Quando converso sobre trabalho, ela sai de perto. E me “aperreia” para eu mandar um papel com marca de batom pra não sei quem, diz que não gostou de tal pessoa perto de mim, sugere que eu fique amiga de outra… Mainha vive o mundo do sonho, eu fico com a parte chata — analisa.

 

No Rio, dona Fátima encontrou uma grande conselheira: sua conterrânea Miram Macedo, a mãe de Anitta. Enquanto a Poderosa permanece no exterior, Mamitcha faz as honras da casa.

— Anitta nos ofereceu toda a estrutura. E, como não estaria aqui, a mãe dela veio nos receber. Gostou tanto da minha, que acabou ficando na casa também. Foi bom porque as duas falam a mesma língua, tanto maternal quanto regional. Miriam nasceu em Guarabira (PB). Ela aconselha mainha: “Olha, a única coisa que nós podemos fazer por nossas filhas é rezar, essa vida é difícil”. Mas ela mostra que é possível ter uma vida normal em meio ao caos. Anitta também fala sempre com a gente por telefone. Essa estrutura familiar foi muito importante para eu me acalmar neste momento — conta Juliette.

Carente dos seus, a paraibana se apegou aos parentes e até aos animais de estimação da popstar, a quem diz admirar muito além da fama, pelo respeito que conquistou como mulher forte, talentosa e cheia de opinião.

— Eu parecia uma ET quando os bichinhos dela se aproximaram de mim. Tinha desacostumado com a textura do pêlo, com as brincadeiras… Plínio é o mais enxerido. Aquele cachorro se acha, só porque é famoso (o pet tem 208 mil seguidores no Instagram; na última segunda-feira, ele desembarcou nos EUA, reencontrando a dona). Sobe na cama, deita e pede beijo — acha graça a ex-BBB, que também aproveitou para “tirar uma casquinha” do sobrinho de Anitta (Benício, de 7 meses, filho de Renan Machado, irmão da cantora): — Peguei ele no colo e não queria soltar. A mãe deve ter pensado que eu era a Nazaré Tedesco ( vilã de Renata Sorrah na novela “Senhora do destino”).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

19 + quatro =