Bloco Principal

Juíza que condenou Lula reassume Lava Jato após afastamento de Appio

A juíza Gabriela Hardt assume novamente os casos da 13ª Vara da Justiça Federal do Paraná nesta terça-feira (23/5), após afastamento do juiz titular, Eduardo Appio. Com a decisão, Hardt volta ao comando da Operação Lava Jato, na qual já condenou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à prisão, no caso do sítio de Atibaia.

Na noite dessa segunda-feira (22/5), o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) decidiu afastar o juiz Eduardo Appio da 13ª Vara de Curitiba (PR). Uma investigação apura a responsabilidade de Appio sobre o acesso a um número de telefone supostamente utilizado para ameaçar um desembargador federal.

Normalmente, em cada vara federal, trabalham dois juízes. Gabriela Hardt, por exemplo, é juíza federal substituta. Por isso, sempre que o titular se afasta, ela assume o posto. Isso aconteceu em 2019, quando Sergio Moro desistiu da carreira de magistrado para assumir o Ministério da Justiça de Jair Bolsonaro (PL).

No mesmo ano, Hardt condenou o presidente Lula (PT) a 12 anos e 11 meses de prisão. Agora, com a determinação do TRF-4, a magistrada fica no lugar de Appio.

Appio agora tem 15 dias para apresentar sua defesa prévia ao tribunal, que decidirá se ele volta ao cargo ou não.

Paranaense de 42 anos, Gabriela Hardt é formada em direito pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e prestou concurso da Justiça Federal em 2009, para uma vaga em Paranaguá (PR).

Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri