João Pessoa é a terceira entre as capitais do Norte e Nordeste com melhor saldo na geração de empregos no setor do comércioem 2021, segundo levantamento com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do Ministério da Economia. As informações são do blog do Maurílio Júnior.

Apesar dos efeitos devastadores da pandemia da Covid-19, João Pessoa apresentou saldo positivo de 1.032 entre janeiro e maio deste ano, com 6.689 empregos gerados, superando grandes capitais como Recife (PE), Fortaleza (CE), Belém (PA) e Manaus (AM). A capital da Paraíba aparece atrás apenas de Teresina (PI), com saldo de 1.931, e Salvador (BA), com 1.803.

Confira, abaixo, o ranking no Nordeste:

Teresina + 1.931
Salvador + 1.803
João Pessoa + 1.032
Maceió + 696
São Luís + 393
Natal + 348
Aracaju + 102
Recife – 201
Fortaleza – 578

O prefeito Cícero Lucena (Progressistas) atribuiu o resultado positivo ao equilíbrio das medidas adotadas pelo município ainda neste momento de pandemia e ao avanço da vacinação.

– Desde o início da nossa gestão tivemos clareza da necessidade de enfrentar a pandemia e preservar os empregos. Claro que muitas empresas foram impactadas pelas medidas restritivas, mas adotamos decretos que mantiveram boa parte do comércio aberto, sempre que possível e isso nos garantiu os resultados que estamos vendo hoje.

– Não existe economia sem pessoas e por isso tivemos o foco na vacinação rápida para dar ao nosso povo condições de retomar suas vidas como eram, o mais rápido possível – acrescentou Cícero.

Confira, abaixo, o ranking no Norte:

Palmas + 864
Boa Vista + 501
Porto Velho + 424
Manaus + 411
Rio Branco + 182
Belém + 150
Macapá – 42

O governador João Azevêdo (Cidadania)destacou os investimentos mantidos pelo Estado durante a pandemia e a estabilidade fiscal da gestão.

– É o reflexo direto do nível de investimentos mantido pelo governo em obras e ações implantadas bem como do excelente ambiente de negócios que a Paraíba se tornou, em função da estabilidade fiscal atestada pela Secretaria do Tesouro Nacional e S&P que classificaram com nota máxima o Estado ampliando a atração de novas empresas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

20 + dez =