A Prefeitura de João Pessoa retoma na tarde desta sexta-feira (28) a vacinação dos trabalhadores em educação contra a Covid-19. O atendimento será das 15h às 21h, em seis locais. Serão imunizados os profissionais com 18 anos ou mais que atuam da Educação Infantil ao Ensino Médio; e a partir de 55 anos para o Ensino Superior, em instituições da Capital. O atendimento será exclusivamente por agendamento através do aplicativo Vacina João Pessoa e do site vacina.joaopessoa.pb.gov.br.

O retorno da vacinação desse público ocorre após nova decisão do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), assinada pelo desembargador Vladimir Souza, que entendeu haver “obstáculos” ao cumprimento integral da decisão anterior da 3ª Vara da Seção Judiciária da Paraíba, que impunha a vacinação dos presos e dos agentes prisionais antes da categoria educacional.

O magistrado reconheceu, em sua decisão, os argumentos apresentados pelo Município de João Pessoa: “a) já ocorreu a vacinação dos moradores de rua de João Pessoa (grupo 16 do PNI); b) a União ainda não enviou vacinas para a imunização da população carcerária (grupo 17 do PNI); c) A Resolução n. 14/2021, do Ministério da Justiça, impõe que a responsabilidade de vacinação dos presos e dos agentes prisionais é dos Estados e não dos Municípios; d) o Secretário de Administração Penitenciária declarou que o Estado da Paraíba vacinará os presos e os agentes penitenciários”.

Segundo o prefeito Cícero Lucena, a decisão do desembargador restabelece o caminho que a gestão municipal tem adotado desde o princípio do Plano de Imunização que é vacinar com a maior celeridade possível a quem tem direito. “É muito gratificante para nós podermos retomar a vacinação do pessoal da educação, área fundamental para nossa juventude e que precisa retomar as atividades plenas. Nos deixa contentes, ainda, vermos que nossas ações para agilizar a vacinação passam a ser regra em todo o País, como é o caso da destinação de doses para trabalhadores da educação, que iniciamos lá atrás e que estava suspensa”, afirmou o prefeito.

Documentos necessários
No momento da vacinação, além da documentação pessoal, serão solicitadas cópias do contracheque e declaração da instituição de ensino de João Pessoa, que deverão ficar retidas no posto de imunização.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

11 + cinco =