Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

A Prefeitura de João Pessoa oficializa, nesta terça-feira (07), a parceria com a Ouvidoria Nacional do Ministério da Mulher e dos Direitos Humanos para o lançamento do aplicativo ‘Proteja-se’, um canal de denúncias em relação à violência contra mulher, criança, adolescente, pessoa com deficiência e idosa. João Pessoa será a primeira capital a lançar o aplicativo, que até então só funciona no Distrito Federal.

A assinatura do Termo de Cooperação Técnica pelo prefeito em exercício Leo Bezerra acontece no Auditório do Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria, às 14h. O evento vai contar com a presença do secretário de Direitos Humanos e Cidadania da Capital (Sedhuc), João Corujinha; do ouvidor nacional de Direitos Humanos, Fernando César; e da coordenadora de Atendimento Nacional a Violações Contra Mulher, Andrea Piacenzo.

Aplicativo- Após o cadastro no aplicativo, o usuário vai ser encaminhado para o tipo de denúncia que quer fazer, que pode ser anônima ou não. Nesse processo serão solicitados alguns dados para ajudar a localizar o endereço da vítima. O aplicativo é disponibilizado, de forma gratuita, para os sistemas Android e iOS.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

17 − seis =