O governador João Azevêdo (PSB) recuou, nesta quinta-feira (30), ao ser questionado se o martelo já estaria batido em relação à vaga de vice na sua chapa para o Progressistas. O governador voltou a a afirmar que espera a lista com os nomes indicados pelo partido para iniciar a discussão sobre o assunto. O recuo é visto como um afago ao Republicanos, que ratificou essa semana o interesse apenas pela vaga de vice na chapa governista.

“Vamos sentar, dialogar, ver as posições de cada um. Há o interesse de dois partidos em apenas uma vaga. Nós estamos construindo e tudo será resolvido com diálogo. Ainda tenho muitas reuniões  pela frente para chegar a um denominador comum. O martelo não foi batido. Nós tivemos uma reunião com o PP, a vaga que estava aberta para o partido era o Senado, mas o deputado Aguinaldo não aceitou e propôs a vaga de vice para a legenda. Nós solicitamos os nomes para fazer avaliação e estamos aguardando essa relação que ainda não chegou”, afirmou.

O deputado Hugo Motta, presidente estadual do Republicanos, ratificou o apoio à reeleição do governador, mas disse que não aceita ser desrespeitado no processo de escolha. O deputado, inclusive, acenou positivamente para o convite feito pela oposição ao afirmar que “não fecha as portas para ninguém”.

blogdoandersonsoares

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dez − 5 =