Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

O governador João Azevêdo assinou, nesta quinta-feira (23), no Palácio da Redenção, em João Pessoa, o primeiro contrato de gestão da Fundação PB Saúde com o Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, localizado no município de Santa Rita. A iniciativa visa a execução das atividades de gestão e prestação de serviços de saúde, além de execução de ações, programas e políticas de saúde. Na ocasião, o chefe do Executivo também anunciou a convocação dos primeiros processos no processo seletivo da Fundação. Serão convocados 1.261 profissionais, de forma gradativa, a partir de janeiro – após a conclusão das perícias médicas das pessoas com deficiência.

O chefe do Executivo estadual ressaltou, na oportunidade, o esforço do governo para garantir a eficiência do serviço público prestado aos paraibanos. “Nós estamos assegurando uma gestão muito mais eficiente dos hospitais da nossa rede e esse momento marca mais uma etapa importante para o nosso sistema de saúde. Em 2020, enfrentaremos uma pandemia, oferecendo um atendimento adequado à população, com abertura de novos leitos e funcionamento de novos equipamentos; acabamos, recentemente, com uma fila da vergonha, a partir do programa Opera Paraíba, e damos continuidade à mudança de patamar de gestão da saúde pública, sabendo que vai dar certo pelas experiências exitosas que estamos tendo ”, frisou.

O secretário de estado da Saúde, Geraldo Medeiros, destacou que um representante do PBSaúde um modelo de gestão moderno e que trará segurança aos funcionários. “Essa nova prática permite uma revolução na relação de trabalho entre os servidores e o estado, a partir da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), que impedem o direito a férias, carteira assinada, décimo terceiro, aposentadoria com impessoalidade e transparência do ingresso a partir do concurso público ”, explicou.

O secretário executivo da Gestão da Rede de Unidades de Saúde da Paraíba e presidente da PBSaúde, Daniel Beltrammi, afirmou que a nova gestão irá permitir o avanço das políticas públicas por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). “A PBSaúde é uma ferramenta de gestão pública capaz de fazer com que não paremos de avançar, fazendo mais e ainda melhor, alcançando mais pessoas, trazendo dignidade e bem-estar aos paraibanos, com transparência e rigor do uso dos recursos públicos. Nós teremos metas a serem cumpridas, iniciando os nossos trabalhos no hospital de maior complexidade do Nordeste por se tratar do cuidado de doenças que mais matam pessoas em todo o mundo, que são problemas do coração e do cérebro, como infartos e AVC. A nossa missão é levar o Metropolitano ao último nível de tecnologia para continuar sendo referência para todo o estado ”,

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, enalteceu o trabalho da gestão de saúde do Governo do Estado. “São avanços importantes com investimentos em tecnologia, na relação funcional e na recuperação de espaços públicos de saúde, oferecendo um melhor serviço à população, com ações de grande impacto como o Opera Paraíba, que trouxe esperança de vida às pessoas que aguardavam há anos por uma cirurgia, dando a oportunidade de uma paraíba melhor e mais justa e com mais qualidade de vida aos cidadãos ”, pontuou.

“Eu parabenizo a gestão de saúde da Paraíba, que contempla todas as regiões, fazendo com que as ações administrativas cheguem na ponta, beneficiando quem mais precisa de atendimento, referindo o projeto em nível nacional com um de desenvolvimento integrado”, disse o deputado federal Wilson Santiago.

Os deputados estaduais Wilson Filho, Jutay Meneses, João Gonçalves e Hervázio Bezerra, o vereador de João Pessoa, Zezinho do Botafogo e auxiliares da gestão estadual prestigiaram a solenidade.

A PBSaúde – É uma fundação pública dotada de personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, de utilidade pública e beneficência social, que dispõe de uma estrutura de governança corporativa que abrange um Conselho de Administração composto por secretários de estado e representantes da sociedade civil , um Conselho Fiscal formado por servidores públicos e representantes da sociedade civil e por sua Direção Superior, responsável pela gestão técnica, patrimonial, administrativa, administrativa e operacional da entidade.

A entidade tem o compromisso social com a execução de uma gestão em saúde alinhada com as melhores práticas, zelando sempre, pela transparência de seus atos, pela eficiência e pela efetividade de suas decisões e pelo alcance de resultados em saúde que pode contribuir de forma relevante para a saúde e melhoria das condições de vida da população paraibana, aprimorando, em conjunto com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), como ofertas de cuidados em saúde, capacidade instalada de leitos, além de zelar pelo patrimônio, parque tecnológico e ativos operacionais para continuar oferecendo em tempo oportuno os serviços assistenciais ao serviço bem estar das paraibanas e paraibanos.

Tags »

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

2 × 2 =