O governador João Azevêdo anunciou nesta quinta-feira (12), a ampliação do subsídio estadual destinado aos produtores e usinas de beneficiamento de leite da Paraíba. Os produtos são fornecidos ao Governo do Estado, por meio do Programa de Aquisição de Alimentos – modalidade leite, mais conhecido como PAA-Leite.

Ao todo serão investidos mais R$ 1,3 milhão no Programa do Leite, aumentando em 40 centavos o preço do leite de vaca e de cabra pago aos produtores e também às usinas de beneficiamento pelos próximos quatro meses.

A medida tem como objetivo minimizar as dificuldades enfrentadas pelo setor em decorrência do aumento dos custos da produção.

“Esse, inclusive, foi um apelo que recebi dos produtores de leite de cabra na minha última passagem por Monteiro. Somos o maior produtor de leite de cabra do Brasil, que por consequência é uma das maiores fontes de renda do Cariri e toda a cadeia leiteira corria risco”, ressaltou o governador João Azevêdo ao anunciar a medida em suas redes sociais.

Serão contemplados 1,3 mil produtores em 9 usinas de 73 municípios. Com isso será garantido alimento para 29 mil famílias que são beneficiadas com 7 litros de leite por semana por meio do Programa do Leite.

O governo da Paraíba investe mais de R$ 1,7 milhão, por meio do Programa Pró-Produtor, pagando mais 25 centavos por cada litro de leite de vaca, e 20 centavos a mais no valor do leite de cabra, aos pequenos produtores, além de repassar seis centavos para cada usina, por cada litro de leite beneficiado.

O PAA-Leite é um programa executado por meio de um convênio com o Governo Federal e hoje conta com recursos que giram em torno dos R$ 24 milhões, dos quais cerca de 5 milhões são próprios do Estado, que os repassa a título de contrapartida financeira. Desde 2020, os Estados produtores aguardam novo convênio, que possibilite uma ampliação do programa, bem como a atualização dos preços pagos pela União.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

seis + 16 =