Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) — Um jacaré americano agressivo e obcecado por sexo precisou ser contido por 12 tratadores no zoológico Australian Reptile Park, na Austrália. O réptil, que recebeu o nome de Kanye West, em homenagem ao rapper norte-americano, foi colocado em isolamento por alguns meses, com o objetivo de acalmá-lo.

“O plano era pegar Kayne e levá-lo pelos fundos para que pudesse se divertir um pouco”, disse o chefe de répteis e aranhas do zoológico, Daniel Rumsey.

“Mas não há nada fácil em mover um crocodilo americano de 350 kg. Foi intenso”, completou, acrescentando que o animal de quatro metros de comprimento é um dos mais perigosos e agressivos do local. “Com seu tamanho ele arrancaria um braço sem preocupações”, descreveu.

De acordo com o Daily Mail, os tratadores disseram que o crocodilo macho tornou-se cada vez mais agressivo conforme o clima esquenta e a temporada de acasalamento está em andamento. Embora seja comum os répteis agirem assim na tentativa de atrair fêmeas, o diretor do parque Tim Faulkner afirmou que o animal estava levando as coisas um pouco longe demais, atacando os tratadores e aterrorizando outros crocodilos.

“Kanye saiu explosivo da hibernação, portanto, ele é um perigo para si mesmo, para os outros animais e funcionários “, disse ele à ABC 12. “É um ‘cara’ jovem, cheio de testosterona, e está causando estragos agora. Ele deixou os outros crocodilos muito tensos”, disse Faulkner.

Os administradores do zoológico acreditam que a chegada de mais de 20 jacarés ao local em março, tenha irritado Kanye, já que a espécie é apegada ao território. A expectativa é que o animal possa retornar à lagoa em que vive, após o verão, quando os níveis hormonais dele voltarem ao normal.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quatro × 3 =