As restrições entram em vigor no domingo (27) e vão durar 14 dias, se aprovadas pelo gabinete.

O lockdown inclui o fechamento de lojas, o fechamento parcial de escolas, transporte público limitado e restrição a viagens para fora de casa de mais de 1 km, exceto para o trabalho ou compra de bens essenciais.

O Ministério das Finanças de Israel estima que as restrições vão custar à economia do país cerca de US$ 932 milhões (R$ 4,8 bilhões) por semana.

Pelos dados da Johns Hopkins, Israel já registrou 3 150 mortes por Covid-19, ou cerca de 35 mortes por 100 000 habitantes. No Brasil já são 90 mortes por 100 000.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quatro × 2 =