Depois que Gerard Piqué anunciou a aposentadoria do futebol, nesta quinta-feira (3), internautas começaram a supor que o zagueiro teria pendurado as chuteiras por causa da ex-mulher, Shakira, contra quem enfrenta um processo duro de divórcio.

Isso porque o Barcelona, time de Piqué, tem uma parceria com uma plataforma de música, e o clube espanhol vem fazendo promoções com o streaming nos últimos tempos. Em outubro, por exemplo, as camisas estamparam a marca do rapper Drake porque ele alcançou 50 bilhões de reproduções no aplicativo.

Por conta do sucesso de Monotonía, o lançamento mais recente de Shakira, em parceria com Ozuna, a plataforma poderia fazer uma ação com o Barcelona para promover o nome da colombiana.

Apenas a possibilidade do envolvimento da artista na aposentadoria do jogador fez com que o nome dela chegasse aos assuntos mais comentados do Twitter na tarde desta quinta.

“Pensar que o Piqué só parou de jogar para não usar uma camisa com o nome da Shakira”, brincou um internauta. “Sem nenhuma Bola de Ouro na estante, o ex da Shakira provavelmente passará a ser lembrado como ex de Shakira pelo resto da vida”, comentou outro. “A Shakira poderia ganhar a Champions League, mas o Piqué não conseguiria cantar Waka Waka“, publicou um fã. “Não aguentou o furacão Shakira”, escreveu um perfil.

O atleta e a cantora foram casados por 12 anos e terminaram a relação em junho, após uma suposta traição do jogador. O ex-casal tem dois filhos: Milan, de 9 anos, e Sasha, de 7.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

13 − 10 =