No último domingo, 10, Atlético-MG e São Paulo se enfrentaram pela 16ª rodada do Brasileirão, no Mineirão, e a duas equipes não saíram do empate sem gols. No fim da partida, o atacante Hulk, do Galo, afirmou que recebeu “ameaças” de Daronco, árbitro do jogo.

O jogador saiu de campo irritado com os critérios da arbitragem que, segundo ele, não deu dois pênaltis para o Galo, sendo um deles contato direto do atacante com o zagueiro Miranda, no segundo tempo da partida.

“Quando estava acabando o jogo ele falou assim: “cuidado com o que você vai falar lá fora”. Eu falei “por que?”, e ele respondeu “porque não é o último jogo que eu vou apitar de vocês”. Isso é uma ameaça ou não? Eu não sei. Diante dos meus quatro filhos, foi a conversa que eu tive com ele ali”, disse o jogador.

O atacante afirmou ainda que se sente prejudicado ao ser julgado pelo seu porte físico. Segundo Hulk, alguns jogadores já disseram que chegam forte nele durante os jogos porque a arbitragem possivelmente não dará o pênalti.

Fonte – https://www.band.uol.com.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

um × 2 =