Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Lewis Hamilton (Mercedes), que venceu o GP da Arábia Saudita de maneira dramática na tarde deste domingo (5), revelou que nunca tinha vivido uma prova da maneira com que se deu a de hoje em Jeddah.

O piloto, que chorou logo depois de deixar o seu carro, falou em entrevista sobre a pressão que ele e sua equipe estão sofrendo – o britânico está empatado com Max Verstappen (Red Bull) na briga pelo título da temporada.

“Eu já corro há muito tempo, mas essa foi muito difícil. Tentei ser sensato e muito competitivo em toda a minha carreira, mas nunca tive uma corrida dessas. Foi muito difícil, perseverei muito com a equipe. Muitas coisas foram jogadas em cima da gente nessa parte final do campeonato. Mas estou orgulhoso e sou muito grato à equipe”, disse Hamilton.

Hamilton disse ainda que houve uma “falha de comunicação” entre as equipes em relação ao incidente envolvendo Verstappen – o holandês havia sido obrigado a ceder a posição para o britânico já na parte final da prova. Na volta seguinte, o piloto da Red Bull diminuiu a velocidade bruscamente, e a Mercedes acabou tocando em seu carro.

“Eu não entendi por que ele pisou bem forte. Não estava esperando isso e acabei batendo. Aí ele acelerou, não entendi. Depois do incidente recebi a mensagem [sobre a punição]. Foi uma falta de comunicação”, finalizou o britânico.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quatro × 4 =