Gustavo Franco, presidente do Banco Central no governo Fernando Henrique Cardoso, foi rápido ao comentar a substituição de Roberto Castello Branco pelo general Joaquim Silva e Luna no comando da Petrobras, anunciada nesta sexta (19).

“Boa tarde, Venezuela”, tuitou o economista, minutos depois de anunciar a intervenção na companhia.

O Globo lembra que, em 2017, Nicolás Maduro nomeou o general Manuel Quevedo como presidente da PDVSA, a “Petrobras da Venezuela”.

Quevedo ficou no cargo por mais de dois anos, período no qual se aprofundou o processo de sucateamento da petroleira.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

8 + dois =