Em Santa Catarina, “uma mãe pode levar o filho com paralisia cerebral ao shopping, mas não pode levar à reabilitação”, diz o UOL. Desde o dia 25 de fevereiro, o CCR (Centro Catarinense de Reabilitação) foi fechado pelo governo do estado.

Praias, bares, restaurantes e shoppings estão abertos no estado. O decreto do governo estadual, que suspendeu o serviço público, manteve apenas as clínicas particulares abertas.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, os serviços foram interrompidos para deslocar os profissionais para o enfrentamento da pandemia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

onze + 13 =