O presidente Jair Bolsonaro iniciou nesta 2ª feira (9.nov.2020) a série de lives que prometeu para esta semana com candidatos nas eleições municipais. Bolsonaro recebeu Delegada Patrícia (Podemos), candidata à prefeita de Recife.

Na transmissão, enquanto conversava sobre a pandemia com a postulante, o presidente anunciou que, quando uma eventual vacina em teste contra a covid-19 for aprovada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), “o governo federal vai comprar as vacinas e vai disponibilizar”. Não citou se deixaria de comprar alguma por ser da China, como chegou a dizer. Disse, no entanto, que não será obrigatória, “de jeito nenhum”.

O presidente voltou a reclamar da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), do mês de abril, que estabeleceu que também cabia a Estados e municípios decidirem sobre as normas de isolamento para conter o novo coronavírus.

“Tudo que eu falei no tocante à pandemia acabou dando certo lá na frente. Infelizmente, não tive poder de implementar essas políticas porque houve uma decisão judicial no sentido de que governadores e prefeitos que tomariam todas as medidas [para conter a pandemia], entre elas, o confinamento e o lockdown”.

Bolsonaro convidou os eleitores a questionarem os atuais prefeitos e os candidatos ao cargo sobre o que eles acham de confinamento, “se está certo ou não”.

 

 

O chefe do Executivo federal aproveitou para sugerir à candidata que ela escolha o seu secretariado assim como ele escolheu os titulares dos seus ministérios, de forma, segundo ele, técnica.

O chefe do Executivo questionou a a delegada se a vacina contra a covid-19 deveria ser obrigatória. “Nem a vacinação infantil é o obrigatória. Vacina quem tiver vontade de vacinar. Por isso, tem as campanhas da vacina infantil, para as pessoas terem a opção. A gente não pode obrigar”, disse Patrícia.

O presidente pediu que os eleitores não votem em partidos de esquerda. “Certos partidos com as cores vermelho, com uma estrela bonita e com a foice e o martelo. Esses partidos mudaram as cores de sua campanha. É uma maneira de tentar enganar você. Esses regimes comunista e socialistas não deram certo em lugar nenhum no mundo”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

5 × quatro =