Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

Governadores ouvidos pelo blog entraram em 2022 com planos para acelerar a vacinação de crianças contra a Covid ainda em janeiro, assim que receberem as doses do Ministério da Saúde. Os gestores dizem que já estão finalizando planos de distribuição dos frascos e podem começar a aplicação “de imediato”.

O coordenador do Fórum de Governadores, Wellington Dias, do Piauí, afirmou que é possível iniciar a vacinação em 90% das cidades do país em até 48 horas após a entrega das doses aos estados.

Em São Paulo, o governador João Dória diz que a vacinação irá se iniciar imediatamente após a entrega – inclusive, no mesmo dia. A ideia é utilizar a rede que já funciona para imunizar adolescentes e adultos.

A Anvisa aprovou a utilização da vacina Pfizer para crianças a partir de cinco anos em 16 de dezembro, mas o governo federal ainda não incluiu a vacina para esta faixa etária no Plano Nacional de Imunização (PNI) e preferiu abrir uma consulta pública com a população – mesmo após a decisão da Anvisa ser chancelada por sociedades médicas e especialistas em pediatria e infectologia.

Ministro da Saúde diz que vacinação de crianças deve começar na segunda quinzena de janeiro
Ministro da Saúde diz que vacinação de crianças deve começar na segunda quinzena de janeiro

No Maranhão, segundo o governador Flávio Dino, será possível distribuir as doses para os postos da capital, São Luís, em 24 horas. Já para o interior, a expectativa é de entregar os lotes em 48 horas.

No Pará, Helder Barbalho afirmou ao blog que já vem, desde dezembro, cobrando que o governo federal faça a entrega imediata de doses para crianças.

Wellington Dias diz que, em dezembro, governadores se reuniram com o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, para pedir pressa na distribuição dos imunizantes. Ouviram que, a partir de 10 de janeiro, as doses podem já estar no Brasil.

A maior preocupação nos governos estaduais, agora, é garantir a segurança dos alunos para que os pais não atrasem o retorno das crianças às salas de aula. Em alguns estados, o calendário letivo já começa em janeiro.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

3 × um =