O governador João Azevêdo inspecionou, nesta quarta-feira (19), uma série de obras executadas pelo Governo do Estado em João Pessoa. Durante a manhã, o gestor acompanhou os serviços em andamento na Casa do Artista Popular, no Museu de João Pessoa, na sede do novo Procon e no Centro Administrativo Estadual. Ele ainda vistoriou as obras de ligações de bairros da Zona Sul e a construção do Batalhão da Polícia Militar Ambiental.

Obras na Zona Sul

As novas vias ligarão diversas áreas entre Mangabeira/Valentina/Perimetral Sul; Geisel/Colinas do Sul/Perimetral Sul e Altiplano/Jardim Cidade Universitária, representando um investimento de R$ 10 milhões, com recursos do Tesouro estadual, que irão beneficiar diretamente 300 mil pessoas. As obras visam modernizar e ampliar a infraestrutura viária da cidade; reduzir os acidentes de trânsito e o tempo de viagem; elevar a qualidade de vida da população local; oferecer conforto e segurança aos usuários das vias; e apoiar o desenvolvimento socioeconômico da região.

João Azevêdo argumentou que as obras são importantes para o fortalecimento da economia. “A retomada das obras está sendo realizada com todos os cuidados, a pandemia ainda não acabou, mas sabemos que a economia precisa voltar a funcionar para gerar emprego e renda. O Estado está realizando três grandes obras de mobilidade urbana em João Pessoa, duas delas estão na reta final e já estão sendo utilizadas pela população e, além disso, entregaremos, em breve, novos equipamentos de cultura para a cidade.”

O secretário da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente, Deusdete Queiroga, ressaltou os investimentos do Estado na Capital. “Estão sendo feitas três obras importantes na Praça da Independência, o Museu da cidade, a Casa do Artista Popular e a nova sede do Procon; no Centro Administrativo, visitamos as obras de urbanização, jardinagem, acessibilidade e iluminação em toda a área externa. Ainda será feito o trabalho de recuperação do Palácio dos Despachos, onde vai funcionar a Codata, e vamos recuperar o auditório do Centro Administrativo, um espaço que terá condições de promover treinamentos e reuniões com os servidores, além da recuperação das fachadas dos quatro prédios.”

Casa do Artista Popular

O equipamento é considerado uma vitrine do artesanato produzido no Estado e deve abrigar mais de 1,5 mil peças do artesanato produzido em todas as regiões da Paraíba. As obras deverão ser concluídas até o final do ano. Já os serviços no museu da cidade devem ficar prontos em novembro.

Batalhão Ambiental

No prédio também funcionará a sede administrativa da Unidade de Conservação do Parque Estadual das Trilhas. O Batalhão Ambiental integra o projeto do Governo do Estado para implantação do Polo Turístico Cabo Branco e deve estar pronto em dezembro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

19 − quinze =