Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

O governador João Azevêdo (Cidadania) informou nesta quinta-feira (10), durante entrevista, que já designou dois delegados da Polícia Civil para investigar o assassinato do ex-prefeito de Bayeux, Expedito Pereira, morto na manhã de quarta-feira, com dois tiros, enquanto caminhava na avenida Sapé, no bairro de Manaíra, em João Pessoa.

Segundo João Azevêdo, as investigações estão bem avançadas e em breve a sociedade paraibana terá novidades sobre o caso. “Designei dois delegados para investigar o caso. As investigações avançaram muito, temos informações preliminares. Logo, logo teremos informações”, contou.

O governador comentou que as imagens de câmeras de circuite interno da avenida comprovam que o crime tem características de execução. “Pelo vídeo dá para ver que houve uma execução, uma característica pelas próprias imagens de uma execução. Estamos investigando os motivos do crime”, finalizou.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

19 − 18 =