O governador do estado de Nova York, nos Estados Unidos, Andrew Cuomo, anunciou nesta terça-feira (10) que vai deixar o cargo em meio a várias denúncias de assédio sexual.

O governador fez um pronunciamento ao vivo em que ele nega qualquer intenção sexual nas suas condutas, mas assumiu “toda a responsabilidade”.

Ele confirmou que será substituído pela vice-governadora, Kathy Hochul, após uma transição que vai durar cerca de 14 dias.

Cuomo é acusado de assédio sexual e conduta imprópria por 11 mulheres segundo investigação do escritório da procuradora-geral do estado, Letitia James.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

um × cinco =