Rebeca Andrade é ouro! Com dois lindos saltos, a brasileira chegou a uma média de 15.083, a única a alcançar uma média acima dos 15, e ficou com o lugar mais alto do pódio.

Após vencer a prata e ser a primeira medalhista brasileira na ginástica, Rebeca continua escrevendo uma linda história em Tóquio e fazendo história para o Brasil.

Quem abriu a disputa foi Mykayla Skinner, que entrou no lugar de Simone Biles, e já colocou a barra de dificuldades lá em cima. Ela chegou aos 14.916 e ficou com a prata, só atrás de Rebeca.

Alexa Moreno também foi bem, mas ficou atrás de Skinner. A mexicana alcançou uma pontuação de 14.716 e ficou logo atrás da estadunidense.

No primeiro salto, Rebeca Andrade aplicou uma linda pirueta Cheng, mas pisou na linha e perdeu alguns pontos. A expressão da ginasta não foi das melhores, já que ela sabia que teria punições. Mesmo assim, ela somou 15.166, a maior nota até aquele momento no exercício. Na hora, ficou feliz com a pontuação.

Receba aumentou a dificuldade no segundo salto e aplicou um Amanar, com duas piruetas e meia. Na aterrisagem, ela deus dois passos e pisou na linha, que também influenciou a nota negativamente. Mesmo assim, ela alcançou uma média de 15.083 e assumiu a liderança.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

8 + dois =