O secretário de Estado da Saúde (SES-PB), Geraldo Medeiros, afirmou nesta segunda-feira (5), que foi erro de digitação no Sistema Nacional de Imunização (SNI) o registro de 223 vacinas da AstraZeneca/Fiocruz aplicadas fora do prazo de validade na Paraíba.

Porém, a cidade de Alagoa Grande confirmou a informação de que aplicou o imunizante de forma do prazo de válida. Geraldo afirmou que a orientação para o município é reaplicar o imunizante após 28 dias. “Nós temos o informe de 24 municípios de que não houve aplicação de vacinas vencidas, o que houve foi um erro de registro de digitação no SNI. Temos apenas 1 que confirmou, que é Alagoa Grande, e já foi orientado revacinar essas pessoas após 28 dias”, disse Geraldo.

Em todo o país, segundo o jornal Folha de S.Paulo, que trouxe a denúncia, foram mais de 26 mil pessoas vacinadas com doses fora do prazo de validade.

Município admite erro
A Prefeitura de Alagoa Grande admitiu que o erro atingiu 72 pessoas da cidade. Em vídeo, o secretário de Saúde da cidade, André Fernandes, informou que a falha ocorreu entre março e abril na aplicação de segunda dose da vacina. O secretário contou que, assim que o erro foi identificado, foi comunicado à Secretaria de Saúde estadual.

”Foi nos dado a informação, na semana passada, de que deveríamos refazer uma terceira dose. Nós começamos segunda-feira a refazer essas 72 doses e acreditamos que até o final da próxima semana, todas as 72 pessoas estarão vacinadas”, afirmou.

Confira a lista de cidades que confirmaram não ter aplicado o imunizante fora do prazo:

  • João Pessoa
  • Campina Grande
  • Sertãozinho
  • Itabaiana
  • São José de Piranhas
  • Cajazeiras
  • Mamanguape
  • Itapororoca
  • Baraúna
  • Cabedelo
  • Queimadas
  • Esperança
  • Boa Vista
  • Taperoá
  • Remígio
  • Itaporanga
  • Nova Floresta
  • São José dos Cordeiros
  • Triunfo
  • Caldas Brandão
  • Santa Terezinha
  • Emas
  • Mulungu
  • Massaranduba

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

14 − nove =