Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

O general da reserva João Francisco Ferreira, pediu demissão do cargo de diretor-geral da usina hidrelétrica de Itaipu Binacional,  nesta terça-feira (25).

Agora, o nome do substituto será avaliado pelo Conselho da Eletrobras. Porém, Ferreira já sinalizou que não ficará durante o período de transição, pois não vê sentido em despachar e tomar decisões já que não ficará no cargo.

O anúncio sobre a saída do diretor-geral e da saída de três assessores, indicados por ele: coronel Robson Rodrigues de Oliveira, o coronel Aloisio Lamim e o major Washington Vasconcelos Santana já foi feito aos assessores, assistentes e diretores.

Ainda não foi esclarecido o motivo para o pedido de demissão, porém, rumores falam sobre a negociação, do cargo de comando hidrelétrica, pelo “centrão”. O que fez Ferreira pedir demissão para evitar possível desgaste.

Ferreira assumiu o comando de Itaipu em abril do ano passado, quando ocupou o lugar do general Joaquim Silva e Luna.

 

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

3 × 4 =