No helicóptero que caiu na noite desta sexta-feria, 5, no bairro Jaraguá, na região da Zona Norte de São Paulo, embarcaria o fundador e controlador do banco XP, Guilherme Benchimol,  de acordo com informações do jornal O Globo. Dois homens morreram no acidente.

Ainda segundo a reportagem de Lauro Jardim, a aeronave Agusta 109-E, prefixo PP-JMA, com capacidade para sete pessoas, é do presidente da XP, José Berenguer.

 

A próxima parada do helicóptero seria em uma cidade do extremo sul do estado, e no local, embarcaria o fundador Benchimol, que retornaria à São Paulo. Devido ao acidente, ele está retornando de carro para casa.

 

Aeronave ficou completamente destruída após o acidente
Aeronave ficou completamente destruída após o acidente

Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

O acidente ocorreu por volta das 18h40, na Avenida Fernando Mendes de Almeida, na altura do número 2.000. A área de queda foi próxima a uma chácara e também uma torre de alta tensão.

Seis viaturas do 2º Grupamento de Bombeiros estiveram no local, e até o momento, as autoridades não têm informações sobre a identificação das duas vítimas, mas já se sabe que são dois homens.

Ainda o bombeiros, as causas da tragédia serão investigadas pelos órgãos competentes.

Foto: Poder360
Manual foi encontrado no local do acidente
Manual foi encontrado no local do acidente

Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

terra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

15 + 8 =