Um funcionário da rainha admitiu ter roubado fotos pessoais da família real e medalhas de prestígio do Palácio de Buckingham. O ex-assistente do Palácio, Adamo Canto, ganhou mais de 7,7 mil libras (aproximadamente R$ 54,9 mil) vendendo cerca de 37 itens no eBay – mas os objetos valiam, na verdade, 100 mil libras (cerca de R$ 715 mil), segundo o portal Metro.co.uk.

O homem de 37 anos roubou fotos autografadas do Príncipe William e da Duquesa de Cambridge, um álbum de fotos do Royal State Banquet durante a visita de Donald Trump – o item mais caro da lista, no valor de 1.500 libras (R$ 10,7 mil). Ele também admitiu ter roubado uma medalha de Companheiro da Ordem do Banho e uma medalha de Comandante da Ordem Real Vitoriana durante essa quarentena.

Adamo Canto se declarou culpado de três acusações de roubo entre 11 de novembro do ano passado e 7 de agosto deste ano no Westminster Magistrates’ Court. Os itens foram roubados da Casa Real e da Loja Real do Palácio de Buckingham. Adamo Canto foi pego depois que a polícia recuperou uma “quantidade significativa” de itens perdidos de seus aposentos no Royal Mews no Palácio de Buckingham, onde trabalhava desde 2015.

Os oficiais disseram ao tribunal que o funcionário tinha “aproveitado” a quarentena quando recebeu tarefas extras de limpeza que lhe deram “acesso a itens que normalmente não teria” em sua função de auxiliar. Isso significa que ele tinha permissão para entrar nos vestiários, no banheiro, na bilheteria da Royal Collection, na galeria da Rainha e no depósito do Duque de York.

Ele roubou 77 itens no total, e, desses, 37 foram vendidos “bem abaixo” de seu valor real. Nem todos os itens roubados foram recuperados. Adamo Canto até enviou um vídeo no TikTok dele mesmo fora do Palácio de Buckingham imitando a letra de “Considere Yourself”, do musical Oliver Twist. Dezenas de outros clipes o mostram dançando e se divertindo com fotos da rainha e do príncipe Philip ao fundo.

O promotor do caso, Simon Maughan, disse: “Um dos reclamantes localizou a medalha no eBay tendo sido vendida em 27 de maio. Era uma conta chamada AdamoSalvatori123 que foi rastreada até o Sr. Canto. Os dados forenses foram fornecidos pelo eBay. Seu histórico de vendas mostra 37 itens que foram vendidos do Palácio de Buckingham. A polícia compareceu ao Royal Mews e o prendeu. Uma busca foi realizada e alguns itens foram recuperados”, acrescentou Maughan.

Parece que ele vendeu os 37 itens do eBay por 7.741,23 libras. Bem abaixo do valor original. O funcionário admitiu ter roubado uma medalha de Companheiro de Banho pertencente ao Vice-almirante Mestre Tony Johnstone-Burt, o Mestre da Casa, que foi vendida por 350 libras no eBay.

Em um comunicado, o oficial britânico Tony Johnstone-Burt disse que primeiro percebeu que a medalha estava faltando porque ele precisava usá-la para a Tropa da Cor da Rainha em 13 de junho e mais tarde foi informado pela equipe que os itens roubados estavam à venda online. O vice-almirante disse em uma declaração lida no tribunal: “Eu descobri minha medalha de Companheiro de Banho à venda. Estava à venda por 500 libras. No entanto, foi vendida por 350 libras”.

Adamo Canto também roubou uma medalha de Comandante da Ordem Real Vitoriana (CVO) do armário do ex-oficial do Exército britânico, Major General Richard Sykes, que foi dada a ele pela Rainha em 2010. O juiz Alexander Jacobs o libertou sob fiança condicional e enviou o caso ao Southwark Crown Court para ser sentenciado em uma data posterior, avisando ao funcionário que ele enfrenta uma possível sentença de prisão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quinze − 4 =