Pelo menos oito alpinistas morreram depois que uma forte nevasca atingiu as montanhas ao norte de Teerã, informou neste sábado (26) a TVI, emissora estatal do Irã. Há também relatos de vários desaparecidos desde sexta-feira (25), quando duas mortes já haviam sido registradas.

O número total de desaparecidos ainda é incerto, segundo reportagem da emissora, mas ele tem aumentado. Familiares preocupados têm entrado em contato com as autoridades locais e as agências de notícias já falam em pelo menos 12 desaparecidos.

Por medida de segurança, os esforços de busca e resgate foram interrompidos durante noite e serão retomados no domingo.

Desde sexta, o país passa por um período de mau tempo, com neve e ventos fortes, o que fez inclusive com que várias estradas fossem fechadas e a Marinha levantou um alerta para que as embarcações não deixassem os portos.

A capital iraniana fica na base da cordilheira de Elbruz, onde existem várias estações de esqui. Nesta época do ano, com o inverno do hemisfério norte, a prática de esportes de montanha é comum.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quatro × dois =