SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) — Os governadores dos estados do Nordeste cobram urgência do governo Bolsonaro em ações para a redução da fila de espera do Bolsa Família na região.

Em um ofício enviado ao ministro João Roma (Cidadania), responsável pelo programa, os governadores afirmam que entre fevereiro e julho deste ano houve um aumento de 25% na fila dos nove estados, que representam 36% da população que é beneficiada com o auxílio.

No documento, eles pedem uma audiência dos governadores com Roma. Segundo os gestores, as inserções das famílias no programa não vêm acontecendo de forma proporcional à demanda do território nacional.

“Diante dos dados apresentados verifica-se a urgente necessidade de implementação de ações para zerar a fila de espera do Programa Bolsa Família, devendo o Estado garantir o direito de todo cidadão que necessitar acessar”, diz o texto, assinado por Wellington Dias (PT), presidente do Consórcio Nordeste e governador do Piauí.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

5 × três =