Os familiares do motoboy Kelton Marques foram recebidos na noite desta terça-feira (21), pela Superintendência da Polícia Civil em João Pessoa. Kelton morreu após ser atropelado por um veículo a 163km/h no Retão de Manaíra.

De acordo com familiares da vítima, na reunião foi esclarecido o andamento da investigação sobre o paradeiro de Ruan Macário, acusado do acidente que segue foragido da Justiça. Contra ele, um mandado de prisão preventiva foi expedido.

“Acredito que a família ficou satisfeita com as informações inclusive digo ao Ruan, que é melhor você se entregar porque fica melhor para prestar explicações”, disse um dos familiares.

Nesta terça-feira, uma manifestação aconteceu no Retão de Manaíra, no cruzamento que aconteceu o acidente.  Os motoboys seguiram para a Central de Polícia, no bairro do Geisel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

15 + 8 =