O prefeito da capital paulista Bruno Covas foi internado ontem (15) no hospital Sírio-Libanês para realização de exames de controle, que demonstraram o surgimento de novos pontos de câncer no fígado e nos ossos e, portanto, foram necessários ajustes no tratamento.

Para amanhã (17), está prevista a continuidade da quimioterapia, adicionando imunoterapia. Segundo boletim médico, o prefeito está bem clinicamente, sem sintomas e apto a prosseguir suas atividades pessoais e profissionais. A alta está prevista para o início da próxima semana, após completar esta etapa do tratamento.

Em outubro de 2019, o prefeito foi diagnosticado com adenocarcinoma, um tipo de câncer maligno, situado na região cardia, na transição do esôfago para o estômago. Através de exame pet scan, ainda foi descoberta uma metástase no fígado e uma lesão no linfonodo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

13 + sete =