O ex-vereador e ex-policial militar Arnóbio Gomes Fernandes, de 55 anos, foi assassinado a tiros em Bayeux, na Grande João Pessoa, no fim da manhã deste sábado (29). Ele é conhecido como ‘Sargento Arnóbio’.

A Polícia Militar disse à TV Correio que a vítima estava em uma casa de jogos no bairro Alto da Boa Vista, em local de grande movimento, quando foi abordada por um homem que carregava uma mochila, sacou a arma e atirou. Arnóbio morreu no local.

De acordo com a PM, o criminoso fugiu a pé e até o momento não foi localizado pela polícia. Em cerca de um mês, este é o terceiro ex-PM assassinado em Bayeux; os outros dois crimes ocorreram no Mercado Público. Em todos os casos, nenhum suspeito foi preso.

Quem é Arnóbio Gomes

Arnóbio Gomes foi vereador de Bayeux, eleito em 2012, pelo PSL, com 906 votos. Cerca de um ano depois, foi preso dentro da Câmara de Bayeux, suspeito de tráfico de armas. Na época, ele declarou que era inocente.

O Sargento Arnóbio chegou a ser preso seis vezes antes e durante o mandato, suspeito e denunciado por crimes, e foi inocentado de pelo menos um deles. Em outubro de 2015, ele foi a júri popular, na comarca de Bayeux, e deixou ser acusado de ter matado um traficante em 2009, na mesma cidade.

O ex-PM foi expulso da função de sargento da Polícia Militar em 2013. Em junho de 2015, Arnóbio voltou à Câmara de Bayeux, onde reassumiu o mandato de vereador pelo PSL, concluído no ano seguinte.

Portalcorreio

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

catorze − 13 =