A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) apontou que, na Paraíba, o etanol está mais vantajoso do que a gasolina. Além do estado nordestino, o mesmo cenário abrange o Mato Grosso. A vantagem, quando o preço do etanol equivale a 70% da gasolina, foi observada na semana entre os dias 6 e 12 de novembro.

Após cair 22 semanas seguidas, desde o início de outubro, o álcool acumula seis semanas de alta, o que soma uma variação de +12,46% nos últimos sete meses, quando o preço médio no país foi de R$ 3,37 para R$ 3,79.

No estado do Nordeste, o álcool está, em média, a R$ 3,32, enquanto a gasolina a R$ 4,80. Já no estado do Centro-Oeste, o litro do etanol sai a R$ 3,49 contra R$ 5,02 do combustível fóssil.

No fim de setembro, a maior competitividade do etanol era registrada em sete estados e no Distrito Federal. Na lista estão Goiás, Bahia, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo e o DF. Já os estados com pior competitividade são Amapá, onde a gasolina sai mais barata, e Rio Grande do Sul.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

catorze − catorze =