Em entrevista ao portal UOL, na última segunda-feira (24), o epidemiologista Pedro Hallal disse que o Brasil insiste tanto em seus erros que a terceira onda da covid-19 se aproxima.

Dentre os erros, Hallal destaca que o principal foi desobedecer às recomendações da ciência.

Ele aponta que o Brasil deveria ter feito testagem em larga escala, rastreamento de contatos, fechamento de fronteiras de pacientes com alto número de casos, para identificar com precisão os dados da Covid-19 no país.

 

Ele acrescenta que a nova onda se inicia em patamares mais altos de contaminação, internações e mortes. “A terceira onde vem antes do esperado” – aponta.

O epidemiologista foi contatado para depor na CPI da Pandemia, e diz que “deveria ir com nariz de palhaço”, pois já têm provas suficientes para demonstrar a falta de respeito do presidente com a população.

Veja a entrevista

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

14 − onze =