Foi ao ar na noite desse domingo (26) a última edição do Encrenca com seu elenco original. Na última semana, Tatola Godas, Dennys Motta, Ricardinho Mendonça e Ângelo Campos anunciaram que estavam de saída da RedeTV! . Na despedida, eles falaram que voltam em breve “em outro canal”.

“O Encrenca vai continuar na RedeTV! Nós é que vamos embora. Até breve em outro canal”, anunciaram. No fim da edição, uma equipe se reuniu no centro do palco e agradeceu pelos sete anos juntos na RedeTV !, onde era a maior audiência da emissora.

Comenta-se que um trupe do Encrenca vem negociando sua mudança para o SBT. A Band também vem sendo fala, mas vale lembrar que ela fechou com o tempo do Café com Bobagem para um projeto de humor na TV, que ainda não saiu do papel.

Encrenca se despede da RedeTV!  e promete volta \
Encrenca se despede da RedeTV!  e promete volta \

O Encrenca estreou na RedeTV! em 2014, em substituição ao Pânico, que foi para uma banda, e teve audiência de audiência crescente ao longo do tempo, apostando em vídeos da internet e sátiras. Um dos apresentadores do programa, Ricardinho Mendonça falou com exclusividade com o NaTelinha sobre a saída . “A gente ficou sete anos fazendo o programa e sentimos que já cumprimos nossa parte. Foi sensacional essa experiência. Vai ficar marcado para sempre nas nossas vidas”, disse.

Desde o anúncio da saída dos apresentadores, a RedeTV! informou que o Encrenca seguirá no ar e busca novos humoristas para comandar o programa. “A RedeTV! Agradece aos companheiros de uma parceria bem-definida e feliz por sete anos e deseja o sucesso em seus novos desafios profissionais. Muitas novidades serão anunciadas para o Encrenca os próximos dias”, afirmou.

O Encrenca

A atração estreou em 2014 com Tatola Godas, Dennys Motta, Ricardinho Mendonça e Ângelo Campos, vindos do rádio 89FM.

Em entrevista ao NaTelinha em junho , Tatola creditou a formação no meio de comunicação como elemento importante no sucesso do Encrenca. “O rádio é fabuloso! Ele dá dinamismo, agilidade, pensamento rápido … Então, você consegue olhar para uma imagem e defini-la com palavras. O rádio tem um papel muito importante na nossa vida, foi o primeiro meio de comunicação que nós trabalhamos ”, opina.

“O rádio é sempre ao vivo e nós estamos sempre ao vivo [na televisão]. O Encrenca é ao vivo, a gente está lá no domingo às 20h, apesar da pandemia e de tudo que aconteceu. A experiência do rádio é tudo na construção do programa ”, completa o apresentador.

A televisão, por sua vez, trouxe o reconhecimento do público nas ruas e é o local onde a trupe recebe muitos feedbacks dos telespectadores. “Quando você vê pai, mãe, criança, todo mundo junto falando com você e assistindo o programa. Um programa de inclusão e não de exclusão, um programa que põe gente na sala e não que tira ”, analisa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

vinte − 2 =